domingo, 30 de agosto de 2009

#146 - Por que você é assim?

O ciúme, o desejo de sucesso e de amor exclusivo estão na origem dos vínculos daninhos. Há seres tóxicos capazes de nos infectar com sua negatividade, mas também antídotos e técnicas para livrar-se do que nos amarga a vida e nos impede de crescer.

Sempre comentei aos outros sobre as pessoas que nos "impedem" de evoluir, crescer e até mesmo fazer algo que nos dê prestígio por pura incompetência da parte dessas. Eis que um belo dia estou com o Yahoo! aberto e me deparo com uma notícia que não é mais novidade para mim e com algumas dicas interessantes, que eu pratico há muito tempo.
"Há pessoas em nosso entorno familiar, laboral ou social, cujos comentários e atitudes nos complicam a existência. Gente perigosa para nossa saúde mental, emocional e física, das quais convém manter distância, ou pelo menos limites definidos, se não temos mais remédio que conviver ou nos encontrar com essas pessoas tóxicas.
Quem quer que nos aflija com sua atitude, que não nos deixa crescer, não se mostra contente com nosso sucesso e que põe barreiras a nossos esforços para sermos mais felizes, pode ser considerado uma pessoa tóxica para nossa vida, embora para qualquer outro indivíduo seja inofensiva.
Para a psicóloga americana Lillian Glass, a raiz de toda toxicidade nas relações humanas são o ciúme. Por que algumas pessoas próximas, queridas ou amigas, nos ferem, se enfadam, tentam vencer-nos, buscam nos desagradar ou tentam prejudicar-nos com frases sarcásticas ou respostas que desanimam ou ao alegrar-se falsamente de nossa felicidade ou êxito?
Por que nos fazem críticas destrutivas?, "Devido aos ciúmes e sua concomitante inveja", comenta Glass, para quem o descontentamento e os sentimentos de insuficiência provocam a ânsia de posse, de êxito e do amor de outras pessoas, assim como o desejo de tê-las para si mesmo, exclusivamente."
Maiores detalhes sobre a notícia, clique no link abaixo à direita.
¿Beijos!

2 comentários:

Raquel El-Bachá disse...

Oi William. Texto bastante interessante. Ultimamente tenho passado por algumas situações em decorrência do ciúme de algumas amigas que tem que entender que tenho vida além daquele círculo de amizade e que hoje tenho objetivos diferentes de algumas delas. Esse texto demonstra o quanto qualquer tipo de relacionamento humano é complicado quando há ciúme.
Beijos.

Barbara disse...

Também adorei o texto..
De vez em quando identifico algumas pessoas dessas em meu redor e que infelizmente eu gosto muito.
Tive que aprender a conviver com esse tipo de atitude negativa, sabendo que a aquilo não deve me afetar!