domingo, 10 de agosto de 2008

#115 - Terapia do Amor.

Post não recomendado para quem não gosta de comentários sobre filmes.

Hoje, 29 de março de 2008 (esse post está sendo publicado em data diferente de quando foi criado), parei para assistir a um filme que havia comprado há um tempo atrás e estava no cantinho, junto com outros dvd's.
Ao contrário de outras comédias românticas, essa chamou-me a atenção pelo fato de não ser como os demais filmes do gênero. Decepcionei-me com o desfecho, mas ao mesmo tempo parei para refletir sobre a mensagem que ele tentou transmitir. Terapia do Amor se passa em torno de um casal, aonde ela tem 37 anos e ele 23 anos e têm em comum a terapeuta com opiniões distintas a respeito do relacionamento de ambos. Um relacionamento entre uma pessoa adulta e outra sem maturidade é complicado. Mais complicado ainda quando as partes se desentendem e não param para analisar o problema. As pessoas conseguem transpor as piores barreiras, que são (no meu ponto de vista) a família mas não superam seus próprios problemas. O mais incrível é... você amar uma pessoa e apesar da consciência disso, conseguir conviver esbarrando por ela e compreender que o que passou passou. Depois de choros e risadas e com um final decepcionante, pensei na minha vida e no que passou-se comigo e com o Guido há algum tempo atrás. Estava no MSN (antes do PSV) e ele veio falar comigo (o mesmo estava até excluído do MSN) e no meio da conversa veio a proposta: "quer transar comigo"? Na hora aceitei, porque eu queria muito namorar esse menino. No dia combinado, ele veio aqui em casa, conversamos, ficamos a vontade e transamos. O momento foi muito gostoso, até debaixo do chuveiro. Almoçamos e saímos... O momento foi bom e único e desde então, cada um vive sua vida. Por melhor que tenha sido, ainda acredito no romantismo dos casais, na cumplicidade e no amor.
¿Beijos!

3 comentários:

Milkshake / ALV disse...

é o filme da minha vida!

ou então, um dos. pois essa história de alguma maneira, se parece comigo...

Tarco Rosa disse...

Ainda não assisti ao filme. Mas o comentário me causou curiosidade. É o próximo da minha lista...
Isso porque me identifico com o que vc diz no final do post.
Um grande abraço

andré hottër disse...

Já assisti o filme e gostei... gostei do final tb. Era o que eu esperava.
Estou vivendo algo chato esses dias Will, por isso ando um pouco ausente... mas não me esqueço de vc não.
O blog tá bonito todo branco... e adorei ver minha foto no seu orkut. Bjs.