sexta-feira, 12 de setembro de 2008

#118 - Simbolismos.

No Natal do ano passado, fiz algo que há muito não fazia: passei junto com minha família, mesmo que em parte com irmã e pai e outra parte com minha mãe.
Percebi que, ao menos no Rio de Janeiro, a grande maioria das pessoas e famílias não enfeitaram (ao menos no que se diz respeito a iluminação externa) suas casas e varandas, em relação aos anos anteriores e não vi tantas lares animados, quanto há muito tempo atrás.
Trazendo para um exemplo mais concreto sobre simbolismos, neste meu Natal não teve árvore ou algum tipo de adereço em casa, não teve ceia (eis o motivo de ter passado na casa dos outros). Confesso que senti falta de todo esse simbolismo, pois aprendi que o Natal é a reunião da família (infelizmente desgastada dia após dia). Também senti falta da troca de presentes (não pelo fato comercial, mas pelo símbolo de carinho entre os participantes), além das canções natalinas e dos cartões e aerogramas de Natal (coisa que fiz com o maior prazer esse ano e pretendo continuar nos seguintes). Podem chamar-me do que for, mas de uma coisa é certa... O Natal desse ano vai ser comparado ao Natal de 10 anos atrás, com direito a uma Árvore de Natal bem iluminada com presentes , casa arrumada e limpa, ceia tradicional, músicas natalinas contagiantes e pessoas felizes em volta da mesa.
Provavelmente terei algum comentário (ou não) sobre a ausência da figura mais importante de todas: Jesus Cristo. No entanto, esse post foi somente para comentar dos símbolos do Natal, como poderia ser de qualquer outra época, como Dia dos(as)..., dos tantos que existem por aí, mas vale lembrar que a data em si já é um dia especial e não esqueceria jamais do nosso Grande Irmão. Aliás, devemos lembrar Dele todos os dias.
¿Abraços!

6 comentários:

André Kaworu disse...

Olá..no ano passado eu também vi pouca iluminação nas ruas, porém fiz ceia, a primeira morando longe da casa do meu avô... é engraçado ler esse post sobre o natal em setembro, mas como o ano tá passando tão rápido não me deixa esquisitado com isso rs. abraços e boa semana

Lílian disse...

Vale lembrar qual é a origem desses símbolos todos. Onde e como eles se originaram e por que foram incorporados à simbologia cristã. Mas manter as tradições é sempre uma coisa q nos faz bem. ^^ Eu tenho dificuldades d manter presentes os símbolos q são importantes p/ mim nas datas q são representativas p/ aquilo em q eu acredito em um país cristão. Se vc achou q tinha poucas pessoas comemorando essa data como antigamente mesmo estando em um lugar d maioria católica, vc nem imagina c/ eu me sinto solitária por aqui...
Acho q isso é um indicador econômico também, anos mais prosperos têm comemorações maiores.
beijos

Lizzie disse...

Verdade: devemos lembrar DEle todos os dias...
Sabes, Natal não é uma época que eu goste... Aliás, desgosto bastante...
Mas é justamente por certos simbolismos.


Saudades.
Beijocas
www.lizziepohlmann.com

Tarco Rosa disse...

Olá, passando pra conferir teus últimos posts.
Um grande abraço

Raquel El-Bachá disse...

Eu gosto do Natal justamente por causa desses simbolismos. Adoro ver a família toda reunida, embora não seja somente nessa ocasião que fazemos isso. Meu Natal do ano passado foi muito legal nesse sentido e compensou o triste Natal de 2006 que passei sem minha vó pq ela estava na UTI e sem ânimo para nada.
Concordo que devemos lembrar de Jesus Cristo sempre, não só no Natal.
Beijos.

andré hottër disse...

É um mês que eu adooooorooo, dezembro!!! Esse ano vai ser mais feliz pois meu presente de natal eu ja comprei... meus tickets para o show da Madonna!!!!! Show show show!!!!