domingo, 12 de abril de 2009

#130 - Cala a boca, porra!

Diz o dito popular que "a voz do povo é a voz de Deus". Em cima dessa concepção, digo que a Rede Globo de televisão é um anti-Cristo. Começar ou finalizar a semana (depende do ponto de vista) com um programa que se mantém há 19 anos com um cara chato dizendo "porra meu!" é um verdadeiro chute no saco.
Entretanto, pior do que o chute no saco, é o holocausto em dias de futebol e corrida. Manter Galvão Bueno narrando corridas de Fórmula 1 e jogos de futebol é um verdadeiro sacrilégio para qualquer pessoa de boa vontade ou será que todos estão merecendo sofrimento? Pelo que ouço de muia gente (11 entre 10 pessoas), o narrador Galvão Bueno é INSUPORTÁVEL (tanto narrando quanto ao vivo). E posso confirmar tal afirmação por ser torturado toda a vez que tem corrida de Fórmula 1, uma de minhas paixões.
Além de chato, ele é arrogante, burro, se acha o máximo, não dá espaço para sua equipe de jornalismo, lê pensamentos dos pilotos e ainda por cima é torcedor (não é profissionalismo torcer quando se está narrando), não limitando-se a comentar a corrida.
Um cara que está sempre criticando todos, torcendo contra pilotos e com uma voz mais do que insuportável.
Apesar de adorar corridas automobilísticas, confesso que estou perdendo o tesão em assistir corrida de Fórmula 1 toda a vez que ligo a televisão e ouço Galvão Bueno narrando.
Talvez esse seja o motivo de ter uma comunidade no Orkut com 2.357 membros fãs dessa besta e mais de 110.000 membros com vontade de arrancar a língua dele. Por que a Globo teima em mantê-lo no ar? E ainda dizem que esse é um canal popular.
¿Abraços!

5 comentários:

André Hottër disse...

Eu concordo com vc quando um locutor tem que ser imparcial. Uns dias atras eu estava no carro ouvindo uma partida de futebol, e o cara deu um grito quando Ronaldo fez o gol e depois um simples gol quando o time adversário marcou ponto. Nossa... ele nem é Corinthiano, peguei e desliguei. Tudo hj leva-se muito o lado pessoal, a pessoa quer dar sua opinião, sua marca. Quem trabalha com esse tipo de jornalismo, deve ser imparcial e profissional.

Tam... disse...

Na realidade o locutor pode sim ter opinião, mas ele precisa ter dominio dela né, isso se chama ética!!
Uma coisa é vc torcer pra seleção brasileira (afinal ele é um locutor para o Brasil) outra bem diferente é o cara ter favoritismo (essa palavra me pareceu estranha agora!)
...
O grande que da questão é: A rede globo é uma merda, a tv brasileira em si é pervertida,tem um post no meu blog falando sobre isso :
http://edicaomalfeita.blogspot.com/2008/07/no-dia-23-de-junho-entrou-em-vigor-uma.html
O post é velho e tem muito mais coisa que se pode dizer sobre a globo, a "anti-cristo" favorita do Brasil.

Ŧяєdy Gomєs disse...

Isso é falta de ser profissional. Se fosse comigo eu teria feito O ESCÂNDALO. Sou dessas!

Barbara Góes disse...

Concordo com vc, moço..
Galvão não é imparcial, não tem uma boa oratória, só fala besteira e minha maior raiva eh q meu pai é fã dele.. nem posso xingar em paz.. haha

gostei do blog..

bjos pra vc!

=D

Fabi disse...

Holocaust6o em dia de corrida... ri alto aqui!
Assino embaixo.
Beijos