domingo, 14 de junho de 2009

#135 - Não tenho mais álbum de figurinhas.

Antigamente, a criançada tinha um jeito divertido, salutar e porque não, inteligente de brincar. Eram os famosos álbuns de figurinhas com os mais variados temas. E era muito bom quando tínhamos amiguinhos para trocarmos figurinhas repetidas e em determinados momentos até negociar aquela que faltava para completar o álbum. Bons tempos aqueles...Mas hoje, temos algo melhor! A tendência da digitalização em massa está deixando as pessoas mais solitárias, pois o que era real transformou-se em virtual. Há quem discorde de mim, mas vejo muitas pessoas que ficam "doentes" se não tiverem um computador por perto, pois com ele, podem jogar incríveis "games", deixando de lado o velho e bom tabuleiro, baralho e jogos de pedras. Também ficam ávidas por saber quem enviou e-mails e mais ainda: quem foi adicionado, deixou recado no Orkut e outras coisas mais.
O Orkut hoje, se transformou no grande álbum de figurinhas virtual. Percebi que o objetivo inicial e principal desse site de relacionamento foi por água abaixo. Existem pessoas com mais de 5 perfis lotados (cada um com quase 1000 contatos), pois a cota de "amigos" chegou ao limite.
O mais engraçado é quando são perguntados sobre determinado "amigo". Simplesmente não há resposta ou a resposta é negativa, pois o que vale é ter gente adicionada ao perfil. Daí o apelido de grande álbum virtual. Para ser sincero, não faço questão de ter "conhecidos" no meu perfil e sim pessoas das quais tenho algum relacionamento decente ou aquelas distantes, que não posso ver com freqüência.
¿Beijos!

6 comentários:

Pri disse...

Olá, amoree... saudades de vc!
Bem, no meu orkut, eu só adiciono quem eu conheço, ou que pelo menos já tenha botado os olhos em cima, de alguma forma...
Eu confesso que sou netmaníaca.

Mas a época dos álbuns de figurinhas era boa. Eu lembro que eu pedia dinheiro pro meu pai todo final de semana e comprava um bolo de pacotes de figurinhas do Campeonato Brasileiro de 93.
Saudades disso tudo...

Bjs!

Raquel El-Bachá disse...

Oi William. Eu também só adiciono no Orkut quem eu conheço. Não gosto de adicionar desconhecidos não. Alíás, já enjoei um pouco de Orkut. Só entro para ver se tem algum recado e saio rápido. Passou o vício.
Beijos.

Jú Carvalho disse...

E assim como o albúm de figurinhas ,é efêmero e descartável!!!
Como coisificamos as pessoas hein...
Bom post, bom mesmo!
Precisamos refletir sobre alguns porques as vezes...

Lizzie disse...

Realmente o Orkut se transformou em um enorme álbum de figurinhas. Eu sempre excluo alguns contatos: não quero números. Essa modinha de status não me interessa.

Quando criança, não colecionei álbuns de figurinhas. Talvez tenha alguma ligação... Rs.


Beijos

Consuelo Mischelly Padilha disse...

Pois é, gato. No meu tempo a gente trocava e dava elza em figurinhas.

As pessôuas hoje só querem saber de adicionar novos 'amigos' no orkut e se esquecem do contato caloroso pessoal que existe. Todos estamos atràs das grades e janelas de casa. Uó!

Ainda prefiro uma boa trepada real do que uma virtual. Isso nunca mudará!

Aninha disse...

Verdade, orkut, para uns tantos, é sinônimo de coleção. Uma pena... Melhor, mesmo, eram os álbuns de figurinhas!